Professor Thiago Nunes

Just another WordPress.com weblog

Chega de Papagaiada

O ambiente de trabalho está cheio  de gente sem idéias próprias. Saiba como mudar esse jogo de faz-de-conta corporativo !!!

papagaio1

O universo corporativo tem sido vítima de um tipo de profissional muito esperto: aquele que não é, mas parece ser. Não entendeu? Eu explico. Sabe aquele chefe que é tido como um gênio, mas que no fundo rouba as idéias das pessoas da sua equipe? Pois é. Esse tipo de pessoa (poderíamos listar aqui centenas de exemplos) tem um dom especial: o de interpretar papéis que não correspondem à realidade. Ou seja,  tentam vender uma imagem melhor do que a sua competência. São verdadeiros mestres na arte de simular. Fazem muito barulho, porém poucos resultados. Quantos profissionais conhecemos que odeiam trabalhar em equipe e fazem discursos inflamados a favor da colaboração mútua? Tudo da boca para fora. Estamos vivendo a era em que o que parece está ficando mais importante do que o ser.

O curioso nessa história é que as EMPRESAS se iludem e, ao mesmo fazem as pessoas entrarem no jogo de se mostrar maravilhosas. Nas entrevistas de emprego, por exemplo, todos os discursos são praticamente os mesmos. Todo mundo quer parecer perfeito. Se o entrevistador pergunta ao candidato o ponto fraco por exemplo, logo vem a resposta: “Ah!, eu sou perfeccionista. Eu mergulho de cabeça no trabalho e não consigo relaxar enquanto não faço o que tem que ser feito”. Que maravilha e é claro que ninguém teria coragem de responder essa pergunta de forma sincera algo como “sou esquecido” ou ainda “sou desorganizado”. As pessoas respondem somente o que os empregadores querem ouvir, mesmo que lá no fundo os dois saibam que tudo não passa de mera encenação. Como consequência uma empresa forma uma equipe de profissionais em que o discurso não corresponde à prática.

Hoje os gestores estimulam a ilusão. Repetem como papagaios os ensinamentos dos manuais pasteurizados de carreira, num discurso bonito, mas vazio de compromissos. Como consequência, as equipes mergulham num mar de faz-de-conta, até que os números aparecem mostrando a dura realidade da empresa ou organização. E nem sempre os resultados negativos são suficientes para acabar com a encenação. Por incrível que pareça, os esforços nessas ocasiões costumam se concentrar na busca da melhor justificativa para os problemas – e não da solução. Dessa forma o jogo de faz de conta continua implacavelmente.

A guerra pela sobrevivência tem alimentado o jogo do SER versus o PARECER . As pessoas se sentem na obrigação de parecer sempre altamente motivadas, engajadas, comprometidas.  Para elas no entanto, isso não importa. O que vale é criar uma imagem positiva. Já vi por várias empresas que passei (e vejo isso com muita tristeza) profissionais super competentes perderem espaço para aqueles que, não tão eficientes assim, sabem fazer o seu marketing pessoal. Diante disso não surpreende percebermos que existem tantas pessoas nas empresas que não se preocupam em ser honestas, e sim em parecer honestas – o que atinge em cheio o coração das organizações e compromete seriamente a sua sobrevivência.

Que tal passarmos a enfrentar a realidade ? Chegou a hora de todos nós chamarmos a responsabilidade para si e acabarmos com esse faz-de-conta eterno que vivemos. Vamos procurar sempre ter diálogos abertos  e transparentes com nossos líderes e liderados. É preciso acordar para o fato de que o profissional competente é aquele que acredita na sua capacidade de avançar na vida. O sucesso no mundo atual vem para quem tem a simplicidade como traço da sua competência. Ele jamais joga com o único objetivo de ser aplaudido, pois não vê sentido nisso.

Por: Professor Thiago Nunes

Autor do Blog

1 de Dezembro de 2008 - Posted by | Não classificado

Ainda sem comentários.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: